Archive

f* for 4_the_home


source | thecinderellaproject.blogspot.pt
Porque nestes dias frios apetece andar por casa, e porque, por muito que o pijama seja uma peça in, em casa e de chinelos é difícil criar um look “arrumado”, este casaco extra-longo pareceu-me uma óptima peça de inspiração…
E na asos encontram um semelhante!

Because these cold days you feel like staying at home, and because, although pajamas are in it’s difficult to create a “tidy” look wearing them at home with slippers,  this extra long cardigan seemed to me a great piece of inspiration. ..
And in asos there’s a similar one!

Advertisements






souces | 1: sweetpaulmag-digital.com . 2: elisabethheier.blogspot.dk . 3: pintrest . 4,5: yumicha.blogspot.fr . 6: schoolhouseelectric.com

Chegou aquela altura do ano em que, um pouco por todo o lado, do supermercado à papelaria, da loja gourmet à loja de roupa, vejo pessoas a debaterem-se com fitas, lacinhos e papéis coloridos, numa patética tentativa de embrulhar os presentes de Natal.
Para mim, um bom embrulho é tão importante quanto um bom presente e poucas coisas me deixam mais nervosa que rectângulos de papel com arestas tortas e esfarrapadas, laçarotes cujas cores ofendem o próprio papel, dobras descuidadamente assimétricas ou sacos fechados com agrafes, numa pobre tentativa de se fazerem passar por um embrulho de Natal.
Eu sei que nem todos nasceram com habilidade para os trabalhos manuais, mas há um mínimo exigível e esse mínimo não é consonante com alguém que, numa loja, trava uma luta desleal com uma folha de papel e em que, 10 minutos depois, e perante uma caixa que era paralelipipédica e que agora está transformada numa forma orgânica, percebemos que a folha de papel ganhou a guerra e que nós teremos que voltar para casa com uma prenda vestida com algo que mais não é que um disfarce de embrulho de fraca qualidade…
Por isso, este ano, tentem ir um pouco mais além e transformar os vossos embrulhos em objectos especiais:

1: Reúnam os instrumentos necessários: cola, fita-cola, régua, tesoura, x-acto, etc.
2: Escolham um papel especial ou arrisquem e façam o vosso papel. Escolham uma paleta de cores e mantenham-se fiéis. Escolham algo que torne o vosso presente num objecto especial, como uma etiqueta feita por vocês ou um acessório natalício.
3: Levem o vosso tempo. Esqueçam o estar 20 ou 30 minutos na fila do corner dos embrulhos para depois embrulharem tudo torto e à pressa, pressionados pelas dezenas que também estão na fila, só porque quiseram poupar uns tostões em papel de embrulho e fitas.
4: Meçam os vossos embrulhos, façam contas, e não tentem embrulhar com papel a mais… aquele enchumaço de papel no canto do embrulho não vai agradar a ninguém…
5: Terminem com uma mensagem especial

Se o packaging for especial, quem receber o presente vai perceber que vocês se preocupam…e gostar!

Vejam aqui o quanto a Kelly se preocupa com os presentes e aqui algumas dicas da Martha Stewart para bons embrulhos.

It’s that time of year in wich, around everywhere, from the supermarket to the stationery store, the gourmet shop to the clothing store, I see people battling it out with ribbon , bows and colored papers in a pathetic attempt to wrap Christmas gifts. For me, a good wrapping is as important as a good gift and few things make me more nervous than rectangles of paper with crooked and tattered edges, bows whose colors offend the paper itself , carelessly asymmetric folds or bags closed with staples , in a poor attempt to impersonate a Christmas wrapping.

I know that not everyone was born with the ability for crafts, but there is a minimum requirement and that minimum is not compatible with someone in a shop, having an unfair fight with a sheet of paper and that, 10 minutes and a box that used to be parallelepipedic and is now transformed into an organic form later, we notice that the paper won the war and that we will have to go home with a gift dressed in something that is nothing more than a disguise of a poor quality wrapping…
So this year , try to go a little further and transform your presents in special items :

1 : Gather the necessary tools: glue, masking tape , ruler , scissors, x -acto , etc…
2 : Choose a special paper or risk it and make a personalized one. Choose a palette of colors and stick with it. Choose something that makes it a special item like a sticker made by you or a Christmas accessory.
3 : Take your time. Forget being 20 or 30 minutes in line at the packaging corner and then having a crooked packaging because you were pressured by the dozen who were also in the queue , just because you wanted to save a few pennies on wrapping paper and ribbons .
4 : Measure your packages , do your math, don’t try to wrap with excess paper … one pad of paper in the corner of the package will not please anyone …
5 : Finish it with a special message

If the packaging is special, whoever receives the gift will realize it and see that you care… and will enjoy it!

See here how Kelly is concerned with her wrapping  and here are some tips from Martha Stewart for great wrapping.

SOURCE| Decor 8 (read more about it here)

Ok, Ok… eu já sei disto há algumas semanas e, na altura, o que me ocorreu foi: BIZARRO… mas agora, ouvir o próprio do senhor Timberlake a falar de almofadas e tapetes… o que é que isto tem a dizer sobre ele? Uhmm uhmmm…eu continuo a dizer: BIZARRO!!!

.

Ok, ok… I’ve known about this for some weeks now and, at the time, i only thought: WEIRD… but now,  listenning Mr. Timberlake speking of rugs and pilows… what does it have to say about him? Uhmmm Uhmmm…I keep saying: WEIRD!!!

SOURCE | tristancochrane.com

A minha nova sardinha é única (numerada), espanhola e de alumínio. +- espanhola, porque o criador  é escocês e vive em Barcelona. Foi uma surpresa que veio de Barcelona e totalmente inesperada. Vai fazer companhia às portuguesas do Bordalo, assim que eu perceba como as juntar…

My new sardine is unique (numbered), spanish and of aluminium. +- spanish because it’s creator is a scotish living in Barcelona. It was a surprise that arrived yesterday from Barcelona and totally unexpected. It will keep company to the portuguese ones from Bordalo, as soon as I understand how to join them.