Archive

Monthly Archives: October 2013

fotografia (27)
source | notegraphy
Algo, ou alguém, em que se pode confiar para determinada situação…
1.
alguém a quem se pode recorrer para informação de especialidade, conselho ou performance confiável, especialmente em situação crucial; exº: ele é a minha go-to person numa crise financeira.
2.
algo em que se pode sempre confiar para trazer satisfação, sucesso ou bons resultados; exº: o meu conjunto go-to para entrevistas de emprego.
Something or someone you can trust for a specific situation…
1.
being a person who can be turned to for expert knowledge, advice, or reliable performance, specially in a crucial situation; e.g.: He’s our go-to guy in a budget crisis.
2.
noting something that can always be relied on to bring satisfaction, success, or good results; e.g.: my go-to outfit for job interviews.

Em modo de preparação para o concerto de 21 de Novembro, o Doc Lisboa mostra o documentário “Mistaken for Strangers” no próximo sábado 2 de Novembro, 19.45 no cinema S. Jorge.

“Em 2010, a banda rock The National estava prestes a embarcar na maior digressão da sua carreira, após dez anos de banda e cinco álbuns aclamados pela crítica. O vocalista Matt Berninger convida o irmão para se juntar à equipa. Tom – que é nove anos mais novo do que Matt e só ouve heavy metal – decide trazer a câmara.”

In a “get ready for the concert of November 21st” vibe, Doc Lisboa shows the documentary “Mistaken for strangers” next Saturday, November 2, 19:45 in S. Jorge cinema.

“In 2010, the rock band The National was about to embark on the biggest tour of their career, after ten years of band and five critically acclaimed albums. Frontman Matt Berninger invites his brother to join with the team. Tone – which is nine years younger than Matt, and only listens to heavy metal – decides to bring the camera. “

source | doc lisboa.org

20131030-225014.jpg
source | becauseimaddicted.net

Para quem ainda tem dúvidas sobre o uso de lantejoulas no dia a dia, ficam as palavras da Rachel Zoe no Hangout de ontem:
“… eu uso lantejoulas para ir ao Whole Foods (supermercado)…”
Ok…se calhar não é preciso exagerar!

For those who question the use of sequins in your day to day life, i leave you with the words of Rachel Zoe in yesterday’s Hangout:
“… I use sequins to Whole Foods…”
Ok… No need to exagerate!

fotografia (26)

source | notegraphy

Quem segue blogs de moda está habituado a deparar-se com dezenas de estrangeirismos, maioritariamente ingleses. Hoje li um post de uma blogger portuguesa uma publicação de uma bloguista portuguesa que, em 3 parágrafos, além das referências a marcas estrangeiras, tinha 8 estrangeirismos. Não tenho nada contra, pelo contrário, mas às vezes dou por mim em esforço a tentar perceber o que querem dizer com aquilo…

Pareceu-me útil criar um “fashionary” (será que já existe?), um dicionário de termos urbanos ligados ao mundo da moda… Assim seja!

Anyone who follows fashion blogs is accustomed to deal with dozens of foreign expressions, mostly english. Today I read a post from a Portuguese blogger who, in 3 paragraphs, besides the references to foreign brands, had 8 english terms. I have nothing against it, but sometimes I find myself in an effort, trying to understand what they mean by that …

It seemed useful to create a “fashionary” (does it already exist?), a dictionary of urban terms related to the fashion world … So be it!